Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Um alivio corajoso!

por Moralez, em 23.11.17

Hoje estava eu a tomar um café, no Bar do Alfredo, quando, desesperadamente, precisei de dar um peido.
A música estava bem alta. Então calculei soltar o gasoso em sincronia com o ritmo. Assim o pensei, assim o fiz.

Lá se foram os gases da fermentação da feijoada, molho de repolho e ovos cozidos, sendo libertados ao ritmo da música.

Fiquei orgulhoso pelo peidão fragmentado, ritmado, em sincronismo perfeito com a música...

Comecei a sentir-me melhor e mais aliviado...

Terminei meu café tranquilamente... só então notei que toda a gente estava a olhar para mim.

Então lembrei-me que estava a ouvir música do meu iPod...

Nunca mais tomo café ali.

PS: Isto tá escrito na 1ª pessoa mas não fui eu que dei, obviamente.

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Murphy o assistente...

por Moralez, em 22.11.17

Um médico, em Dublin, queria descansar e ir pescar.

Então aproximou-se do seu assistente e disse-lhe:
- Murphy, amanhã vou pescar e não quero fechar a clínica. Acha que consegue cuidar dela e de todos os pacientes?
- Sim, senhor! - respondeu Murphy.

O médico foi pescar e voltou no dia seguinte.
- Então, Murphy, como correu o dia?
- Cuidei de três pacientes. O primeiro tinha uma dor de cabeça e, então, eu dei-lhe paracetamol.
- Bravo, meu rapaz .
- E o segundo? - perguntou o médico.
- O segundo teve indigestão e eu dei-lhe Guronsan- informou Murphy.
- Bravo, bravo! Você é bom nisso... E o terceiro? - perguntou o médico.
- Bom, doutor, eu estava sentado aqui e, de repente, abriu-se a porta e entrou uma linda mulher. Ela arrancou a roupa, despiu tudo, incluindo o sutiã e as cuequinhas. Depois deitou-se sobre a marquesa, abriu as pernas e gritou: «AJUDE-ME, pelo amor de Deus! Há cinco anos que eu não vejo homem!''
- Nossa Senhora, Murphy, o que é que você fez? - perguntou o médico.
- Eu pus-lhe gotas nos olhos, doutor!

 

So long fellows!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Titanic

por Moralez, em 21.11.17

1200px-RMS_Titanic_3.jpg

Meu avô contou-me que quando viu o Titanic, foi avisando todas as pessoas, desde o início, que o navio ia afundar, mas foi ignorado. Ele avisou novamente, disse que era certo que afundaria e muitos morreriam, mas mandaram ele estar calado. Ele avisou novamente em diversas ocasiões, até que o expulsaram do cinema.

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Os dois caçadores!

por Moralez, em 21.11.17

Dois caçadores estão num bosque, quando um deles desmaia.

Ele parece não estar a respirar e tem os olhos vidrados.

O caçador pega no telefone e liga para a emergência:

Meu amigo está morto! O que faço?

O sr. do INEM responde:

Calma, eu ajudo-o. Primeiro, temos que ter certeza de que ele está morto.

Há um silêncio, e então um tiro é ouvido.

De volta ao telefone, o caçador diz:

Pronto, e agora?

 

So long fellows!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Há miúdos assim!...

por Moralez, em 20.11.17

Num infantário a educadora está a ajudar um menino a calçar as botas.

Ela faz força, faz força, e ao fim de algum tempo, e a muito custo, uma bota já entrou e a outra já está quase.

Nisto diz o miúdo:

- As botas estão trocadas!

A educadora para, respira fundo, vê que o rapaz tem razão e começa a tirar-lhe as botas novamente.

Mais uma dose de esforço para as tirar e depois torna a tentar colocar novamente, desta vez nos pés certos.

Ao fim de muito tempo e muito esforço, ela lá é bem-sucedida e diz:

- Bolas. Estava a ver que não. Custou.

- Sabes é que estas botas não são minhas!

A educadora fecha os olhos, respira fundo e lá começa a descalçar o rapaz novamente.

Quando finalmente consegue, diz ao miúdo:

- OK! De quem é que são estas botas, então?

- São do meu irmão! A minha mãe obrigou-me a trazê-las!

A educadora fica em estado de choque, pulsação acelerada, vai respirando
fundo, decide não dizer nada e começa novamente a calçar o rapaz.

Mais uma série de tempo e finalmente consegue.

No fim diz-lhe:

- Pronto, as botas já estão! Onde é que tens as luvas?

- Pus nas botas!

 

So long fellows!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Uns com tanto e outros com tão pouco!

por Moralez, em 18.11.17

Há tipos com sorte... Ao pé de mim no meu prédio... Nem uma padaria sequer existe!...

IMG_1510847851081.jpg

É um prédio seguro, é um "entra" e "sai" desenfreado!

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


O maior pesadelo de um o homem!!

por Moralez, em 17.11.17

No tal pesadelo... acordo, olho-me ao espelho e descubro que sou vesgo.
Procuro freneticamente nos bolsos, para ver a minha fotografia no Bilhete de Identidade, para ver se sou realmente aquilo...

Encontro um passaporte e descubro.... sou espanhol...

Não pode ser, meu Deus!!!
Sinto-me inconsolável numa cadeira. Mas... não é possível!!

É uma cadeira de rodas, o que significa que... além de ser vesgo e espanhol... sou também deficiente físico!

É impossível, digo-o para mim mesmo... que eu seja vesgo, espanhol e deficiente físico...

De repente...

- 'Amoooooor!', grita uma voz atrás de mim. É o meu namorado...
Fodasse...! Sou também maricas...?!
- 'Foste tu que pegaste na minha seringa?'
Ó Deus! Vesgo, espanhol, deficiente físico, maricas, viciado e talvez seropositivo...!

Desesperado, começo a gritar, a chorar, a arrancar os cabelos E... Nãooo!!!!! Sou careca!!!!

Toca o telefone. É meu irmão, que diz:
- 'Desde que a mãe e o pai morreram, tu só te enches de drogas, vadias o dia inteiro!
Procura um emprego, arranja algum trabalho!'

Que merda, descubro que também sou desempregado!!!

Tento explicar ao meu irmão que é difícil encontrar trabalho quando se é vesgo, espanhol, deficiente físico, maricas, viciado, talvez seropositivo, careca e órfão, mas não consigo, porque...Porque sou gago!!!!

Transtornado, desligo o telefone, com a única mão que tenho, e com lágrimas nos olhos, vou até à janela para olhar a paisagem.

Milhões de barracas ao meu redor... Sinto uma punhalada no marca-passo: além de vesgo, espanhol, deficiente físico, maricas, viciado, talvez seropositivo, careca, órfão, gago, desempregado, maneta e cardíaco, sou também moro numa barraca...

Começo a passar mal e sentir um calafrio e dirijo-me ao guarda-fatos para pegar num agasalho, e, para minha surpresa, quando abro a gaveta encontro uma camisola do Partido Socialista aí já é demais...

Entro em curto-circuito, pois além de vesgo, espanhol, deficiente físico, maricas, viciado, talvez seropositivo, careca, órfão, gago, desempregado, maneta, cardíaco, moro numa barraca... e sou do PS.

Nesse momento, o meu namorado volta-se e diz:
- Amooooooor, vamos embora, senão chegamos atrasados ao Estádio da Luz para vermos o nosso Benfica!


Desmaiei!! MORRI...

(autor desconhecido)

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Cliente antigo!

por Moralez, em 16.11.17

Um homem depois de ter apanhado uma grande bebedeira vai roubar galinhas, no dia seguinte sente-se muito arrependido e vai ao confessionário e diz:

- Sabe senhor padre eu ontem não estava bem e fui roubar galinhas, o que é que eu hei-de fazer para remediar isto?

E o padre responde que ele deve dar 10 euros à primeira mulher que vir.

Ele sai da igreja ( a igreja até ficava numa esquina) e encontra uma mulher e diz:

- 10 euros!!

E a mulher responde:

- 25!!

E ele diz:

- Mas o senhor padre diz que são 10!!

- Mas o senhor padre já é cliente antigo! 

 

So long fellows!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


O encontro de dois amigos no café.

por Moralez, em 15.11.17

- Então meu?

- Olá!

- Que cara triste é essa?

- Nem queiras saber, estou cá com uma depressão!

- Ohhh, tretas! Tenho um remédio ótimo para isso.

- Ai sim! E qual é?

- Quando estou deprimido vou para casa, pego na minha mulher e vou com ela para cama. É num instante que fico ótimo outra vez.

- Boa ideia. E a tua mulher está em casa?

 

So long fellows!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Um problema de adaptação!

por Moralez, em 14.11.17

Um marinheiro e um pirata encontram-se num bar e começam a contar as suas aventuras nos mares. O marinheiro nota que o pirata tem uma perna de pau, um gancho e uma pala no olho.

Curioso, pergunta:
- Porquê que tem essa perna de pau?

O pirata explica:
- Nós estávamos numa tempestade no mar. Uma onda enorme veio por cima do navio e jogou-me ao mar, e caí mesmo no meio dum monte de tubarões.
Lutei contra eles e consegui voltar para o navio, mas um tubarão conseguiu arrancar-me uma perna.

- Uau!!! Que história! Mas e o gancho? Foi também culpa do tubarão?

- Não, o gancho foi outra história. Nós estávamos a abordar um barco inimigo e, enquanto lutávamos, eu fui cercado por quatro marinheiros. Consegui matar três, o quarto cortou-me a mão.

- Caraças!!! Incrível!! E a pala no olho?

- Caiu-me uma caganita de pomba no olho.

- E perdeu o olho só por causa duma caganita de pomba?!?!

- Era o meu primeiro dia com o gancho...

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Segue-me


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Follow


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Estatísticas