Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Semelhanças e perguntas ingratas...

por Moralez, em 31.01.17

Um nobre e rico aristocrata estava a dar uma grande festa na sua mansão e reparou que um dos convidados parecia-se extremamente com ele.
Pensando que uma tal semelhança não era possível sem laços de sangue e imaginando uma possível aventura do senhor seu pai, aproximou-se do convidado e perguntou-lhe discretamente:

- A sua mãe foi alguma vez empregada desta casa…?

O convidado respondeu:


- Não, mas o meu pai foi cá jardineiro!

 

Obrigado Maria Araújo

 

So long fellows!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Exame médico

por Moralez, em 30.01.17

Um senhor vai à capital para um exame periódico de saúde.

- Você bebe?

- Dois ou três copos de vinho às refeições e um whiskyzinho à noite

- Fuma?

- Dois charutos por dia.

- E quanto a sexo?

- Duas ou três vezes por mês.

- Só?!?!? Com a sua idade e a sua saúde? Mais velho sou eu e chega a ser duas a três vezes por semana.

- Pois... Só que vossemecê é médico em Lisboa e eu sou padre em Aljustrel…

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Os patrões podem ser bons camaradas.

por Moralez, em 28.01.17

Um funcionário vai ao escritório e entra na sala do patrão:

— Patrão, eu queria que o senhor me desse o dia de manhã 6ª feira. É por causa da minha mulher, ela quer que eu vá buscar a mãe dela para passar o fim de semana lá em casa connosco.

— Tu sabes que há muita coisa para fazer aqui no escritório e eu não vou poder te dar o dia de amanhã como é evidente.

— Obrigado, Patrão. Eu sabia que podia contar com o senhor.

 

Às vezes até dá jeito…

 

So long fellows!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


O padre e a freira!

por Moralez, em 27.01.17

Um Padre e uma Freira tinham saído de um convento.

Ao cair da noite, avistaram uma cabana a meio do caminho, e decidiram entrar para pernoitar e prosseguir viagem no dia seguinte.


Ao entrarem na cabana, viram que havia apenas uma cama de casal.


O  padre e a freira entreolharam-se e, depois de alguns segundos de silêncio, o padre disse:

Irmã, pode dormir na cama que eu durmo aqui no chão.
E assim fizeram. No entanto, a meio da madrugada a irmã acordou o padre:

Padre! O senhor está acordado?

O padre, bêbado de sono:

Sim, irmã, precisa de alguma coisa?

Tenho frio...pode dar-me um cobertor?

Sim, irmã, com certeza! O padre levantou-se, foi buscar um cobertor ao armário e cobriu a irmã com muita ternura.

Uma hora depois, a irmã acorda o padre novamente: Padre! Ainda está acordado?

O padre:  AH? Irmã ... O que foi agora?


É que ainda estou com frio. Pode dar-me outro cobertor?
Claro irmã, com certeza!
Mais uma vez, o padre levantou-se, cheio de amor e boa vontade,  para atender o pedido da irmã.


Outra hora passou e, mais uma vez, a irmã chamou pelo padre:
Padre. O senhor ainda está acordado?
O padre: Sim, irmã! O que foi agora?!


É que eu não estou a conseguir dormir. Ainda estou com muito frio.

Finalmente, entendendo as intenções da irmã, o padre então disse:
Irmã, só estamos aqui nós dois, certo?
- Certo!
O que acontecer aqui, ou deixar de acontecer, só nós saberemos e mais ninguém, certo?


Certo!
Então, tenho uma sugestão... Que tal se fingirmos ser marido e mulher?
A freira então pula de alegria na cama e diz:

Sim! Sim!!!


Então o padre muda o tom de voz e grita:
Então, mulher! Levanta-te e vai buscar o raio do cobertor!

 

 

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mulher vs Marido

por Moralez, em 26.01.17

O marido lia o jornal no sofá, tranquilo e sossegado, quando a esposa faz a seguinte pergunta:
- Querido, já percebeste como vive o casal da casa em frente?
- Mais ou menos...
- Parecem dois namorados! Todos os dias, quando chega a casa, ele trás flores para a esposa, abraça-a e os dois beijam-se apaixonadamente. Porque é que tu não fazes o mesmo?
- Porque eu mal a conheço...

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Piloto Inglês

por Moralez, em 25.01.17

Um bombardeiro inglês é abatido pelos alemães na 2ª Guerra Mundial. O piloto é levado para o hospital alemão onde é diagnosticado uma gangrena na perna direita. A única solução é amputá-la. O piloto é informado da sua situação, e ele, estoicamente, aceita. Mas faz um pedido. Quer que a perna amputada seja enviada para sepultar em solo inglês. Ele pede então que a perna seja embrulhada e quando os alemães forem fazer sua próxima incursão a atirem sobre Londres. Os pilotos alemães acham a ideia engraçada e aceitam.

Uma semana depois, verifica-se que o problema do piloto se alastrou, e o braço esquerdo ganhou gangrena também. Ele aceita a amputação com as mesmas condições, e os alemães cumprem o combinado.

Mas na terceira semana é a perna esquerda que começa a apresentar sinais de gangrena. O piloto inglês está prestes a aceitar a amputação nas mesmas condições, quando um oficial da Gestapo chega e proíbe o envio da perna. O piloto inglês fica perplexo e quer saber o motivo da recusa.
O oficial da Gestapo responde:

- Aqui ninguém é idiota! Primeiro uma perna, depois um braço, depois outra perna... O que você quer mesmo é escapar!

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Jornal do dia seguinte

por Moralez, em 24.01.17

Um agricultor deixa três notas de quinhentos euros em cima de uma mesa e, enquanto está distraído, o porco come-lhe as notas.

A mulher sugere ao homem que dê bagaço ao porco para ele arrotar, de maneira a que as notas voltem cá para fora.

Como não tem bagaço em casa, o homem leva o porco à taberna e pede dois bagaços, um para ele e um para o porco.

Dali a pouco, o homem dá um pontapé no rabo do porco e ele arrota uma nota.

Mais um pouco, mais um pontapé, mais uma nota.

Um outro agricultor aproxima-se e pergunta:

- Eu vi bem?

Sem mais, o homem dá novo pontapé ao porco, há um novo arroto e surge uma nova nota.

Diz novamente o segundo agricultor, tirando um molho
de notas do bolso:

- Dou-lhe 50,000 euros por esse porco.

- Vendido!

O homem pega no dinheiro, deixa o porco com o outro e vai-se embora.

Jornal do dia seguinte: "Agricultor mata porco a pontapé."

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Violência doméstica

por Moralez, em 23.01.17

A filha chega a casa a chorar e diz à mãe:

- Mãe, o Sandro bateu-me! Apenas seis meses de casados e ele bateu-me!

A Mãe fica inconformada:

- Mas que monstro! Quem diria? Tantos anos de namoro e sempre pareceu tão carinhoso, tão atencioso!

De repente a Mãe lembra-se:

- Mas espera aí, filha... Eu pensei que o Sandro estava a viajar e que só fosse voltar para a semana que vem!

E a filha diz:

- Pois é, mãe... Eu também... Eu também!

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Ritmo no corpo...

por Moralez, em 20.01.17

A sonhar com a discoteca sempre de braço no ar, já falta pouco para o fim de semana…

Bebe.gif

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Cabeu...

por Moralez, em 19.01.17

Havia um miúdo conhecido por ser malandro chamado Tó Zé. Estava o Tó Zé na aula e a professora diz:

-Meninos, quero que escrevam uma história com os temas que estão escritos nesses papéis em cima das vossas mesas. Podem começar, têm 30 minutos.

Vai o Tó Zé e escreve uma história que, segundo ele, é muito "mariquinhas"... Chega a professora ao pé dele e começa a ler. Ao fim de algum tempo, diz a professora:

-Tó Zé, eu não acredito que erraste a escrever esta palavra! É "coube", não é "cabeu". Como , vais escrever "coube" 100 vezes!

Ao fim de algum tempo, o Tó Zé chama a professora:

-Professora, já acabei!

-Vamos lá ver se estão aqui 100 palavras, diz a professora, começando a contar.

-Tó Zé, não estão aqui 100 palavras!

E diz o Tó Zé:

-Oh, professora, não cabeu!

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor


Segue-me


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Follow


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Estatísticas