Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Desabafo de uma senhora idosa!

por Moralez, em 26.10.17

Na fila do supermercado, o caixa diz a uma senhora idosa:

- A senhora deveria trazer as suas próprias sacolas para as compras, uma vez que sacos de plástico não são amigáveis com o ambiente.

A senhora pediu desculpas e disse:

- Não havia essa onda verde no meu tempo.

O empregado respondeu:

- Esse é exatamente o nosso problema hoje, minha senhora. A sua geração não se preocupou o suficiente com o nosso ambiente.

- Você está certa - responde a velha senhora - a nossa geração não se preocupou adequadamente com o ambiente.

Naquela época, as garrafas de leite, garrafas de refrigerante e cerveja eram devolvidos à loja.

A loja mandava de volta para a fábrica, onde eram lavadas e esterilizadas antes de cada reuso, e eles, os fabricantes de bebidas, usavam as garrafas, umas tantas outras vezes.

Realmente não nos preocupamos com o ambiente no nosso tempo.

Subíamos as escadas, porque não havia escadas rolantes nas lojas e nos escritórios.

Caminhávamos até o comércio, ao invés de usar o nosso carro de 300 cavalos de potência a cada vez que precisamos ir a dois quarteirões.

Mas você está certa. Nós não nos preocupávamos com o ambiente.

Até então, as fraldas de bebés eram lavadas, porque não havia fraldas descartáveis.

Roupas secas: a secagem era feita por nós, não nestas máquinas bamboleantes de 220 volts.

A energia solar e eólica é que realmente secavam nossas roupas.

Os meninos pequenos usavam as roupas que tinham sido de seus irmãos mais velhos, e não roupas sempre novas.

Mas é verdade: não havia preocupação com o ambiente, naqueles dias.

Naquela época só tínhamos uma TV ou rádio em casa, e não uma TV em cada quarto.

E a TV tinha um ecrã do tamanho de um lenço, não um ecrã do tamanho de um estádio; que depois será descartado como?

Na cozinha, tínhamos que bater tudo com as mãos porque não havia máquinas elétricas, que fazem tudo por nós.

Quando embalávamos algo um pouco frágil para o correio, usamos jornal amassado para protegê-lo, não plástico bolha ou filme de plástico que duram cinco séculos para começar a degradar-se.

Naqueles tempos não se usava um motor a gasolina apenas para cortar a relva, era utilizado um cortador de relva que exigia músculos. O exercício era extraordinário, e não precisava ir a um ginásio e usar passadeiras que também funcionam a eletricidade.

Mas você tem razão: não havia naquela época preocupação com o ambiente.

Bebíamos diretamente da fonte, quando estávamos com sede, em vez de usar copos plásticos e garrafas pet que agora são aos milhares nos oceanos.

Canetas: recarregávamos com tinta umas tantas vezes ao invés de comprar uma outra.

Afiávamos as navalhas, ao invés de deitar fora todos os aparelhos "descartáveis" e poluentes só porque a lâmina ficou sem corte.

Na verdade, tivemos uma onda verde naquela época.

Naqueles dias, as pessoas apanhavam o autocarro e os meninos iam nas suas bicicletas ou a pé para a escola, ao invés de usar a mãe como um serviço de táxi 24 horas. Tínhamos só uma tomada em cada quarto, e não um quadro de tomadas em cada parede para alimentar uma dúzia de aparelhos.

E nós não precisávamos de um GPS para receber sinais de satélites a milhas de distância no espaço, só para encontrar a pizzaria mais próxima.

Então, por que razão a atual geração fala tanto em "meio ambiente", mas não quer abrir mão de nada e não pensa em viver um pouco como na minha época?

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


18 comentários

Imagem de perfil

De Mula a 26.10.2017 às 00:48

Ai tantas verdades, tantas verdade...
É verdade que atiravam mais lixo para o chão, que a alimentação e os produtos não eram controlados mas... Não havia tantas facilidades e desperdícios como agora!
Imagem de perfil

De Moralez a 26.10.2017 às 09:15

É mesmo, está complicado... E a nossa sociedade não se mentaliza que o planeta está a ficar revoltado e quem vai pagar vamos ser todos...
Imagem de perfil

De Maria a 26.10.2017 às 09:04

Já conhecia este texto e ADORO.
É tão verdadeiro!!
Imagem de perfil

De Moralez a 26.10.2017 às 09:11

Está muito bem sacado e verdadeiro 😉
Imagem de perfil

De A rapariga do autocarro a 26.10.2017 às 10:01

Vivemos numa era do descartável, aos poucos se começa a regressar ao usar e reutilizar!
Imagem de perfil

De Moralez a 26.10.2017 às 10:13

É bem verdade, mas à pessoas que não emprestam, por exemplo um caso que eu conheci... dois irmãos, a irmã mais velha com um filho de 8 anos agora, praticamente não emprestou nada ao irmão (que até precisava) mais novo que tem um filho de 1 ano agora, o filho veio de surpresa sem contar, teve de comprar ovo, carrinho, cadeirinha, essas coisas e a irmã com tudo a dobrar pelo que entendi não emprestou nada ao irmão achas normal?
Imagem de perfil

De A rapariga do autocarro a 26.10.2017 às 10:26

Sei de gente bastante invejosa, mas no meu caso passa-se justamente o contrário, não com o meu irmão, porque os meus sobrinhos já são adultos, e eu entrei tarde na equipa dos pais. Mas tenho uma amiga com um miúdo mais velho 4 anos que o meu, pois ela traz-me tudo o que deixa de servir ao dela, que entretanto já emprestou a um sobrinho, e depois quando deixa de servir ao meu vai para uma família carenciada que ela conhece. Ou seja a roupa e calçado do miúdo dela veste 4 rapazes. Tudo o que compro para o meu devolvo-lhe também. Todas as mudanças de estação trocamos um daqueles sacos do IKEA azuis de roupa e calçado. O deste ano ainda não trocámos porque o verão não se quer ir ainda embora!!!
Imagem de perfil

De Moralez a 26.10.2017 às 10:39

Pois e eu acho muito bem, ate podemos ter possibilidades, mas se as coisas estão boas para que gastar tanto dinheiro, mais vale mesmo investir noutras coisas... cultura, teatro....
Imagem de perfil

De A rapariga do autocarro a 26.10.2017 às 10:45

Precisamente, os miúdos crescem rápido, uma t.shirt dá para um verão, no seguinte já anda a mostrar o Umbigo...só os casacos e calças compro com um pouco mais de folga, duram mais tempo!!
Imagem de perfil

De Moralez a 26.10.2017 às 10:56

Tem mesmo de ser... O pessoal não tem cuidado com a água potável, a escovar dentes é do início ao fim com a água a correr no máximo... Pequenas coisas que achamos que não fazem diferença...
Imagem de perfil

De Ladys a 26.10.2017 às 10:30

Tão verdade que até doí. Marina
Imagem de perfil

De Moralez a 26.10.2017 às 10:40

É complicado ouvir "ler" a verdade, mas ela está aí! Bom dia Marina
Imagem de perfil

De T. a 26.10.2017 às 19:34

Tanta verdade!!!! bahh
Imagem de perfil

De Moralez a 26.10.2017 às 19:42

Sabedoria da idade... Boa noite para vocês 😉
Imagem de perfil

De T. a 27.10.2017 às 10:13

Oh pah...mesmo !!

Bem...vista a hora...bom dia!!! :)
Imagem de perfil

De Moralez a 27.10.2017 às 10:17

Bom dia :)
Imagem de perfil

De A Desconhecida a 26.10.2017 às 20:11

Muito bom!
Imagem de perfil

De Moralez a 26.10.2017 às 20:27

😔 e bem verdade 😉

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Segue-me


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Follow


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Estatísticas