Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Poema Politikós

por Moralez, em 01.11.17

"Os políticos do momento
Todos falhos de critérios
Com os de Belém e São Bento
Só produzem despautérios!

O zagal deste magote,
De quem a seita se orgulha,
Com a avidez de ir ao pote
Tudo quanto encontra esbulha!

Com a desculpa das crises,
Que usam como argumento,
É ver quem faz mais deslizes
Nas contas do orçamento!

Está o país bem servido
Com a gula desta gentalha.
Deixam o povo exaurido
E sem nada que lhe valha!

Os que são dos outros lados
Só fingem que dão por ela,
Têm de estar sossegados:
Comem na mesma gamela!

O da casa cor-de-rosa,
Um maestro sem batuta,
Ajuda a corja odiosa
Espoliar o povo à bruta!

São estadistas de pilhéria,
Malvados e mafarricos,
Põem o Zé na miséria
Para eles ficarem ricos!"

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Segue-me


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Follow


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Estatísticas