Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Pilhas novas

por Moralez, em 22.08.17

Uma velhota, durante a missa, inclina-se e diz ao ouvido do seu marido:
- Acabo de soltar um pum silencioso. O que você acha que eu devo fazer?

Responde o velho:
- Agora nada. Mas quando sairmos, vamos comprar pilhas novas para o teu aparelho auditivo...

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


O velho no ginásio...

por Moralez, em 04.07.17

Um homem bastante maduro e bem fora de forma estava a treinar num ginásio, quando viu uma miúda linda por perto... E logo, entusiasmado, perguntou ao treinador:

- Qual a máquina aqui que eu devo usar para impressionar aquela coisinha boa que está ali?

O treinador, olhando bem para o "cota" de cima a baixo, e respondeu sorrindo:

- A máquina do Multibanco no corredor de entrada.

 

 

So long fellows!

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Ciclo da Vida

por Moralez, em 13.06.17

Dois amigos velhinhos estão sentados num banco de uma praça e começam a conversar:
— Macedo, eu tenho 83 anos e estou cheio de dores e problemas. Tu deves ter mais ou menos a minha idade. Como é que te sentes?
— Como um recém-nascido.
— Como um recém-nascido?
— É isso mesmo. Sem cabelo, sem dentes e acho que acabei de urinar nas calças... 

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Velha assanhada!

por Moralez, em 28.03.17

Num lar da 3ª idade, uma velhota apanha outra a segurar o pénis do marido...


-Frederico... mas o que é isto ? O que é que ela tem que eu não tenho???


E o Frederico responde com um sorriso nos lábios!!!


-Parkinson... Parkinson...

 

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


A 3ª idade, no seu melhor...

por Moralez, em 10.03.17

- Francamente, João, o que é que lhe aconteceu?

- Estive preso!

- Preso?! Mas a que propósito?

- Olhe... Sabe aquela loirinha muito gira que trabalha ali no café da esquina onde vou às vezes?

- Sim, lembro-me muito bem dela! O que é que lhe aconteceu?

- Bem a ela nada, mas queixou-se de mim à Polícia "por violação".

Fui a tribunal, e é claro que eu com 89 anos fiquei tão orgulhoso que me declarei logo CULPADO!

Então, não é que o sacana do Juiz aplicou-me 30 dias de prisão por...


"Faltar à verdade"!

 

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Velhinho atrevido!

por Moralez, em 07.03.17

Numa praia, um velhinho não tirava o olho de uma jovem loiraça de tanguinha que estava a bronzear sem nada a tapar as “xuxas”, ele ganha coragem, aproxima-se e pede descaradamente:
— Posso apalpar as suas “xuxas” tão lindas?
Ela indignada responde:
— Sai para lá, velho pervertido!
— É só um pouquinho… Eu pago 50 euros!
— 50 euros? Indignada a rapariga diz:
— Você acha que eu sou o quê?
Mas o velhinho insiste:
— Por favor deixe…. eu dou-lhe 100 euros!
— Sai para lá, velho!  Desconversa a rapariga.
— E se eu der 500 euros? Propõe o velhinho.
A rapariga hesita um pouco mas responde:
— Não. Eu disse não…!
— E se eu lhe dou 1.000 euros!
A rapariga então pensa consigo: “Ele é velho, parece inofensivo… vou aceitar esses 1000 euros”, e responde:
— Tudo bem… Mas só por 30 segundos.
O velhinho sorri, aproxima-se, pega as fartas “xuxas” com as duas mãos em concha e, vai apalpando e exclama:
— Oh, meu Deus… Oh, meu Deus… Oh, meu Deus…
A rapariga, intrigada, pergunta:
— Por que é que você não para de dizer “Oh, meu Deus”?
E o velhinho, sempre amassando sem parar, responde:
— Oh, meu Deus… Onde é que eu vou arranjar 1.000 euros?

 

So long fellows

Autoria e outros dados (tags, etc)


Senhora Maria!

por Moralez, em 06.03.17

Quase no fim da prática dominical de ontem, o padre perguntou aos fiéis:
- Quantos de vocês conseguiram perdoar os vossos inimigos?
A maioria levantou a mão.
O padre, voltou a repetir a mesma pergunta e então todos levantaram a mão, menos uma pequena e frágil velhinha.
- Senhora Maria? A senhora não está disposta a perdoar os seus inimigos?
- Eu não tenho inimigos! - Respondeu ela, docemente.
- Senhora Maria, isso é muito raro! Quantos anos tem a senhora?
E ela respondeu:
- 98 Anos!
O público presente na igreja levantou-se e aplaudiu a senhora idosa, entusiasticamente.
- Doce senhora Maria, conte-nos como se vive 98 Anos sem ter inimigos?
A doce e angélica velhinha dirige-se ao altar e diz em tom solene, olhando para os fiéis emocionados:
- JÁ MORRERAM TODOS, AQUELES FILHOS DA MÃE!

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Problema na orelha!

por Moralez, em 13.02.17

Um velhote entrou na sala de espera de um consultório médico...

Quando ele se aproximou da mesa da recepção, a recepcionista disse:
- Bom dia senhor, qual o seu problema?
- O meu problema é no pénis, minha senhora.

A recepcionista irritada:
- O senhor não devia dizer uma coisa dessas, numa sala de espera cheia de gente! Causa embaraço aos outros doentes!
O senhor devia ter dito que estava com um problema na orelha, por exemplo, e depois falar a verdade ao doutor, lá dentro do consultório.


O homem retirou-se da sala, esperou alguns instantes e depois entrou de novo.

A recepcionista sorriu e perguntou:
- Sim?
- Estou com um problema na minha orelha!

A recepcionista fez um aceno de aprovação e sorriu toda triunfante.
- E qual é o problema da sua orelha, Senhor?
- Arde muito, quando eu urino....

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


O saber partilhar com amor

por Moralez, em 03.02.17

Um casal de velhinhos entra numa hamburgueria famosa (tipo aquela que começa por M e tem um D, local para publicidadee pede um hambúrguer, um pacotinho de batatas fritas, um copo de refrigerante e um copo vazio a mais.

Quando o Menu chega, o velhinho com muito amor e carinho parte o hambúrguer meticulosamente a meio, divide o pacote de batatas exatamente ao meio, contando uma por uma e divide o refrigerante em dois copos exatamente a meio. O velhinho começou a comer seu hambúrguer, enquanto a velhinha ficava apenas a olhar para ele à espera.

Um homem ao lado deles que estava a ver a cena, disse muito comovido:

— Como pode um casal como vocês dividir um hambúrguer tão pequeno? Se vocês quiserem, eu compro mais um Menu e considerem minha oferta.

O velhinho responde muito rapidamente ainda de boca cheia:

— Não, não precisa meu senhor, eu e minha mulher já há muitos anos que estamos acostumados a dividir a coisas, obrigado na mesma.

— Está bem.

Disse o homem e repara noutro detalhe, por curiosidade resolve fazer mais uma pergunta:

— E você minha senhora, não vai comer sua metade do hambúrguer?

— Ah não, não meu amável senhor. Agora é a vez do meu marido usar a dentadura.

 

So long fellows!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


A velhinha no semáforo

por Moralez, em 29.12.16

Querido neto,

Há dias tive uma experiência maravilhosa e quero compartilhar contigo.

Fui a uma livraria cristã e encontrei um autocolante para o carro que dizia:

"Se ama a Deus, toque na buzina"

Como tinha tido um dia bastante difícil, decidi comprar e colar no para-choques do meu carro.

Ao sair de lá em na hora de ponta com uma temperatura de 37 graus, cheguei a um cruzamento muito complicado, com muitos veículos.

Fiquei ali parada, porque o semáforo estava vermelho, fiquei a pensar no Senhor e nas coisas boas que dele tenho recebido.

Não percebi que o semáforo tinha ficado verde, mas descobri que há muitos que amam o Senhor, porque imediatamente começaram a buzinar ... Foi maravilhoso!

A pessoa que estava atrás de mim era, com certeza, muitíssimo religiosa, porque tocava a buzina insistentemente e gritava:
"Pelo amor de deus!" - Incentivados por ele, todos começaram a buzinar também. Eu sorri e saudava com a mão pela janela, totalmente emocionada.

Vi que outro rapaz me acenava de uma maneira muito especial levantando só o dedo médio da mão.
Perguntei ao Beto, teu primo, que estava comigo, o que queria dizer aquele aceno.

Ele me respondeu que era uma "saudação Mr. Bean", de boa sorte!


Então, comecei a saudar a todos da mesma maneira.

O Beto estava muito feliz, ria-se muito, imagino que pela bela experiência religiosa que estava vivenciando.


Dois homens sairam de um carro e começaram a andar em nossa direção, acho que para rezar comigo, para me perguntar que igreja frequento, mas foi neste momento que vi que o semáforo estava verde.

Então, cumprimentei todos meus irmãos e irmãs e virei no semáforo.

 

Logo percebi que o único carro que havia passado era o meu, já que o semáforo voltou a ficar vermelho.
Senti-me triste por deixá-los ali, depois de tanto amor que havíamos compartilhado.
Então parei, sai do carro e cumprimentei todos com a "saudação Mr. Bean", pela última vez e fui embora.

Agradeço a Deus por mais esta experiência maravilhosa que tive com todos esses bons homens e mulheres.

Beijos da tua avó.

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Segue-me


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Follow


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Estatísticas