Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Portugal / Espanha

por Moralez, em 22.07.19

Um português estava calmamente sentado a tomar o seu café da manhã, quando um espanhol, a mastigar pastilha elástica se senta ao seu lado. O Português ignora o espanhol, que não se conforma e começa a puxar conversa.

 Espanhol: – Comes esse pão inteirinho?

 Português (de mau humor): – Claro.

 Espanhol: – Nós não. Nós comemos só o miolo, a côdea juntamos num contentor depois processamos, transformamos em croissants e vendemos para Portugal. O Português ouve calado.

 O Espanhol insiste: – Tu comes esta geleia com o pão?

 Português: – Claro

 Espanhol: – Nós não. Nós comemos frutas frescas com o café da manhã, mandamos todas as cascas e sementes para contentores, depois processamos, transformamos em geleia e vendemos para Portugal.

 Português: – E o que é que vocês fazem com os preservativos depois das relações sexuais?

 Espanhol: – Deitamos fora, claro!

 Português: – Nós não. Vamos guardando tudo em contentores, processamos, transformamos em pastilhas elásticas e vendemos para Espanha.

 

So long fellows!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


FaceApp

por Moralez, em 21.07.19

Um conhecido meu usou o FaceApp no filho dele.



Não é que o miúdo ficou a cara do vizinho!

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Testículos

por Moralez, em 19.07.19

Uma velha senhora apresenta-se um dia no Banco BCP com uma sacola cheia de dinheiro. 

A velha senhora insiste em falar com o Presidente do banco, querendo abrir uma poupança porque, diz ela, tem muito dinheiro.

Após muita discussão, um funcionário leva-a à mesa do Presidente.

O Presidente pergunta-lhe então quanto ela quer depositar.

E ela responde: 

- 165000 € - colocando o saco de dinheiro em cima da mesa.

Curioso, ele pergunta-lhe como ela conseguiu economizar tanto dinheiro.

A velha senhora responde-lhe que fazia apostas.

Surpreso, o presidente pergunta-lhe: - Que tipo de apostas?

A velha senhora respondeu: 

- Do tipo assim: eu aposto que os seus testículos são quadrados.

O Presidente riu-se, dizendo que é impossível ganhar este tipo de aposta.

Então a velha senhora respondeu: 

- Quer apostar que eu ganho?

- Claro - respondeu ele - aposto 25.000 € que os meus testículos não são quadrados.

A velha senhora respondeu então: 

- Estamos combinados. Mas visto a quantia envolvida, volto amanhã às 10h com o meu advogado como testemunha, isto se não tiver nada contra.

- Sem problema - respondeu confiante o Presidente do banco.

À noite, o Presidente ficou muito preocupado com a aposta e passou um longo tempo frente ao espelho a examinar os seus testículos, virando-os para todos os lados, muitas e muitas vezes, para se assegurar, sem possibilidade de erro, que os malditos testículos não poderiam ser considerados quadrados e ter certeza assim que ganharia a aposta.

No dia seguinte, às 10h em ponto, a velha senhora apresenta-se com o seu advogado na mesa do Presidente do banco para confirmar a aposta de 25 000 € de que os testículos dele eram quadrados.

O Presidente confirma então que a aposta está de pé, conforme o combinado no dia anterior.

A velha senhora pede-lhe então para baixar as calças e tudo o resto, para que ela e o seu advogado pudessem ver tudo, com o que o Presidente concordou de livre e espontânea vontade. 

A velha senhora aproximou-se então e perguntou se podia tocá-los.

- É claro minha senhora - disse o Presidente - levando em consideração a quantia de dinheiro envolvida, a senhora tem que ter 100% de certeza.

E assim a velha senhora começou a fazê-lo com um leve sorriso.

O Presidente percebeu então que o advogado estava a bater a cabeça contra a parede, e perguntou à velha senhora porquê que ele estava a fazer aquilo...

E ela respondeu: 

- Provavelmente, porque apostei com ele 100 000 € que, por volta das 10h, teria os testículos do Presidente do BCP na mão!

 

So long fellows!

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Português de Portugal

por Moralez, em 08.07.19

Um dia, um florista foi cortar o cabelo e no fim, quando ia pagar ao barbeiro, ele diz:

– Desculpe, não vou aceitar o seu dinheiro. Eu fiz um serviço à comunidade.

O Florista ficou contente e saiu. No dia seguinte, ao chegar à loja, o barbeiro encontrou uma dúzia de flores e um cartão que dizia: “obrigado”.

Um dia, um polícia vai lá cortar o cabelo. Depois do corte e quando ia pagar, acontece a mesma coisa e o barbeiro diz:

– Desculpe, não vou aceitar o seu dinheiro. O que fiz foi um serviço à comunidade.

O polícia ficou contente e foi-se embora. Na manhã seguinte, ao chegar à loja, o barbeiro encontrou uma dúzia de donuts e um cartão que dizia: “obrigado”.

Um dia, um português vai lá cortar o cabelo. Depois do corte, quando vai pagar, o barbeiro diz:

– Desculpe, mas não posso aceitar o seu dinheiro. O que fiz foi um serviço à comunidade.

O português ficou contente e foi-se embora. Na manhã seguinte, ao chegar à loja, adivinha o que o barbeiro encontrou à porta…

Vá lá… adivinha!

Vá!

Vá!

Vá!

Pensa como um português!

O barbeiro encontrou uma dúzia de portugueses à espera para cortar o cabelo ! …

 

So long fellows!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Mulher desconfia que seu marido a estava traindo com a empregada.

Resolve preparar uma armadilha pra pegar o marido no flagra.

Dispensou a empregada no fim de semana e não contou ao marido.

À noite, quando iam para cama, o marido contou a mesma velha história:

- Desculpe, minha querida, mas estou mal do meu estômago outra vez.

Vou tomar um ar e já volto.

Ele então rumou em direcção ao banheiro.

A mulher saiu rápido pelo corredor, subiu as escadas e deitou-se na cama da empregada.

Mal ela tinha apagado a luz, veio ele, em silêncio.

E, sem perda de tempo, saltou para a cama e fez amor com ela com toda a fogosidade.

Ambos gemiam de prazer.

Quando terminaram, a mulher disse, ainda ofegante:

- Você não esperava me encontrar nesta cama, não é querido?

E ligou a luz.

- Sinceramente, não, minha senhora, disse o jardineiro!!!!!

 

 

So long fellows  

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Extorsão rentável

por Moralez, em 02.07.19

Uma dona de casa recebe um amante todos os dias em casa, enquanto o marido trabalha.
Durante esse tempo ela mete o filho de 9 anos trancado no armário do quarto.
Certo dia o marido chega a casa e o amante ainda lá está.

Então ela tranca o amante no armário onde estava o filho.
Ficaram lá um bocado, até que o miúdo diz:

* Tá escuro aqui...
* Tá...
* Eu tenho uma bola de ténis para vender...
* Que giro!
* Queres comprar?
* Não!
* Pronto... Se preferes que eu diga ao meu pai...
* Quanto é que queres pela bola?
* 25 Euros.
* Toma.

Uma semana depois, o marido torna a chegar cedo.
O amante está em casa.

O miúdo está no armário. O amante vai para o armário.
Eles lá ficam em silêncio até que o miúdo diz:

* Tá escuro aqui...
* É, está.
* Eu tenho aqui uma raquete de ténis para vender por 150 euros.
* Que bom.
* Queres comprar?
* 150 Euros??? É muito cara!
* Se preferes que eu diga ao meu pai.... É contigo.
* Não, não... Eu compro.
* Aqui está.

Outra semana depois, o marido torna a chegar cedo.
O amante está em casa.
O miúdo está no armário.
O amante vai para o armário.
Eles lá ficam em silêncio até que o miúdo diz:

* Tá escuro aqui...
* É, está.
* Eu tenho aqui umas sapatilhas da Nike para vender por 500 euros.
* Que bom para ti.
* Queres comprar?
* 500 Euros??? Tás doido?!!
* Se preferes que eu diga ao meu pai... É contigo.
* Não, não, eu compro, eu compro.

No fim-de-semana, o pai chama o filho:

- Pega na bola e na raquete e vamos jogar.
- Não posso. Vendi tudo.
- Vendeste? Por quanto?
- 675 Euros.
- Não podes enganar os teus amigos assim. Vou levar-te agora ao padre para te confessares.

Chegando à igreja, o miúdo entra pela portinha do confessionário, ajoelha-se e fecha a portinha.

Abre-se uma janelinha e aparece o padre.

- Meu filho, não temas a Deus, diz e Ele perdoar-te-á. Qual é o teu pecado?
- Tá escuro aqui, não tá?
- Não vais começar com essa merda outra vez, pois não….???

 

So long fellows!

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Segue-me


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Follow


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Estatísticas