Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Os nossos dias, hoje em dia!

por Moralez, em 17.04.20

Estou a passar pela fase mais complicada da minha vida....

O governo e entidade patronal não querem que eu trabalhe....

A Psicogata não me quer em casa...

A polícia não me quer na rua...

O que devo fazer?

{ assim nascem os sem-abrigo }

 

So long fellows! 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Lides domésticas...

por Moralez, em 16.04.20

Ia lavar a louça toda hoje, mas olhei para o detergente e vi o detergente concentrado... Não quis interromper...

 

So long fellows!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desafio do 35° dia de quarentena, bora postar o bigode mais bonito?!

Ps: Homens também podem participar!

 

So long fellows!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Vaga de emprego

por Moralez, em 11.04.20

Precisa-se urgentemente de segurança / porteiro para porta de frigorífico cá de casa!

 

So long fellows!

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


A Páscoa versão séc. XXI…

por Moralez, em 10.04.20

Havia uma pita chamada Maria que morava em Nazaré, que era assim uma espécie do Barreiro da Galileia.
Maria namorava com José, um carpinteiro bacano que não gostava de levantar ondas.
Um dia começou a correr o boato no bairro que Maria estava grávida de um gajo da outra banda chamado Gabriel e que o bebé se ia chamar Salvador.

José ignorou os haters e os trolls que diziam que era corno e assumiu a criança.
Como a malta do bairro não aceitou a cena tiveram de se fazer à estrada e a criança nasceu em Belém. Uma espécie de Baixa da Banheira da Galileia.
A criança nasceu, puseram-lhe o nome de Jesus Salvador e, passados uns dias, apareceram lá no T0 que eles tinham alugado três “empresários” a dizer que tinham sabido do nascimento do Salvador.
Os empresários ofereceram ao casal ouro, incenso e mirra e Maria ficou tipo “o que é que eu vou fazer com esta cena? Se ainda fossem fraldas e leite!”, mas calou-se e agradeceu.
A vida correu sem sobressaltos e Jesus até era uma criança meia choninhas, que preferia falar com animais e aplainar madeira do que brincar ao “mata o romano”. Fast foward uns 30 anos e Jesus torna-se uma espécie de influencer da Galileia.
Transforma água em vinho, levanta paraplégicos, ressuscita mortos, diz cenas surreais como “o reino dos céus tá pa vir”, “quando vos derem uma sova, ofereçam a outra face” e “todos diferentes todos iguais”.
Isso faz com que tenha bué seguidores, mas também cada vez mais haters. Sinal de que as coisas iam dar para o torto foi o facto de os romanos terem decapitado o manager de Jesus, João Batista. Mas Jesus tava na boa, queria era que a sua mensagem se tornasse viral. 
E tanto se tornou que os romanos não curtiram a cena e o prenderam pouco depois de um seus manos o ter denunciado. #fail
Nisto, Jesus é obrigado a carregar a cruz no meio do povo, que faz comentários maus e atira bué hate, tipo “se és filho de Deus, desce da cruz!” Ou “Salvador? Tudo fake news!”.
A maioria dos seguidores de Jesus, nesta altura, tira o like e só ficam a restar meia dúzia de seguidores.
Jesus morre e passados três dias, aparece como se nada fosse, e diz “hey bitches, afinal quem é o Salvador?”. 
Jesus volta a ganhar bué likes e seguidores, e depois, nos dois mil anos seguintes, há bué malta a aproveitar-se da fama dele.

 

Boa Páscoa

 

So long fellows!

 

(Autor desconhecido)

Autoria e outros dados (tags, etc)


Avaliação de desempenho

por Moralez, em 06.04.20

O dono de um talho foi surpreendido pela entrada de um cão dentro da loja.

Enxota-o mas o cão volta a entrar. Volta a enxotá-lo e repara que o cão traz um bilhete na boca.  Apanha o bilhete e lê: 

- Mandas-me 12 salsichas e uma perna de carneiro, por  favor?

Também repara que o cão tem na boca uma nota de 50 euros. Avia o cão e põe-lhe o saco de compras na boca.

Impressionado e, como estava para fechar, resolve seguir o cão.
O cão desce a rua, chega aos semáforos e, com um salto, carrega no botão para ligar o sinal verde. Aguarda a mudança de cor do sinal, atravessa a estrada e segue rua abaixo.

O talhante estava perplexo! Ele e o cão caminham pela rua, quando o cão parou à porta de uma casa e pôs as compras no passeio.
Vira-se um bocado, correu e atirou-se contra a porta. Repetiu o acto mas ninguém lhe abre a porta.

Contorna a casa, salta um muro e, numa janela, começa a bater com a cabeçano vidro várias vezes, retornando para a porta.

De repente, aparece um tipo enorme a abrir a porta e começa a bater no cão.

O talhante corre até ao homem, tenta-o impedir de bater mais no cão e diz-lhe bastante indignado:

- Ó homem, o que é que está a fazer? O seu cão é um génio!

O homem responde:

- Um génio? Já é a segunda vez esta semana que este cão estúpido se esquece das chaves!

 

Moral da história:

 Podes continuar a exceder as expectativas, mas... a tua avaliação depende sempre da competência de quem te avalia...

 

So long fellows!

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Máscaras - Covid-19 - take 7

por Moralez, em 01.04.20

Sejam honestos, isto das máscaras a toda a hora, foi uma bênção para os feios!

 

So long fellows! 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Casar - Covid-19 - take 6

por Moralez, em 31.03.20

Aos que iam casar e tiveram que cancelar a cerimónia por causa da pandemia, agradeçam à vida por lhes dar esta segunda oportunidade...  

(estou a bricar)

So long fellows! 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Grupo de risco - covid-19 - take 5

por Moralez, em 30.03.20

As pessoas que atualmente têm mais de 60 anos que estão a chamar de idosos e de grupo de risco, bla, bla, bla, Não são as mesmas pessoas que os políticos disseram para trabalhar até os 66 anos?

 

So long fellows! 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


A hora mudou!

por Moralez, em 29.03.20

Pensem positivo tivemos sessenta minutos a menos de quarentena... Até que soube bem ter menos uma horinha no dever geral de recolhimento social a que Portugal está obrigado pelo estado de emergência decretado na sequência do covid-19.

Bom domingo ☺ 

 

 

So long fellows!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Segue-me


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Follow


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Estatísticas