Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Sócrates ou Costa?

por Moralez, em 15.12.19

Uns gostam do Sócrates outros do Costa! Eu cá gosto de um litro de cerveja com churrasco, batata frita e pão de alho...

 

So long fellows!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


António Costa o primeiro ministro!

por Moralez, em 06.05.19

– Desculpe, senhor, mas sem convite não posso deixá-lo entrar.
– Mas, eu sou António Costa, o Primeiro Ministro!
– Então, mostre-me os seus documentos.
– É que também não tenho os documentos, esqueci-me da carteira.
– Desculpe-me, mas não vou poder deixá-lo entrar!
– O quê? O senhor nunca me viu na TV? Olhe bem para a minha cara!
– De facto, o senhor é muito parecido com o Primeiro Ministro, mas sabe como é… existem muitos sósias do Costa por aí… O senhor vai ter de provar que é mesmo o António Costa.
– Mas o que quer que eu faça? 
– O Senhor é que sabe! O Ronaldo também se esqueceu dos documentos, eu dei-lhe uma bola de futebol e ele fez uma demonstração que logo me convenceu. A Mariza também se esqueceu dos documentos e fez uma demonstração a cantar fado que provou ser quem dizia ser.
– Porra, mas eu não sei fazer nada!
– Desculpe-me pelo inconveniente causado, Sr. Primeiro Ministro. Faça o favor de entrar!

 

So long fellows! 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Um ministro português recebeu, em Lisboa, um ministro angolano. Simpático, o ministro português convidou o outro a ir lá a casa. O ministro angolano foi e ficou espantado com a bela vivenda. Em bairro chiquérrimo e com piscina. Com o informalíssimo dos luandenses pôs-se a fazer perguntas.
- Com um ordenado que não chega a 5 mil euros limpos, como é que o meu amigo conseguiu tudo isto? Não me diga que era rico antes de ir para o Governo?

O ministro português sorriu, disse que não, antes não era rico. E em jeito de quem quer dar explicações, convidou o outro a ir até à janela.
- Está a ver aquela auto-estrada?

- Sim – respondeu o angolano.

- Pois ela foi adjudicada por 100 milhões. Mas, na verdade, só custou 90… – disse o português, piscando o olho.

Semanas depois, o ministro português foi de viagem a Luanda. O angolano quis retribuir a simpatia e convidou-o a ir lá a casa. Era um palácio, com varandas viradas para o pôr-do-Sol do Mussulo, jardins japoneses e piscinas em cascata. O português nem queria acreditar, gaguejou perguntas sobre como era possível um homem público ter uma mansão daquelas. O angolano levou-o à janela.

- Está a ver aquela auto-estrada?

- Não.

- Nem eu…

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Segue-me


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Follow


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Estatísticas