Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Mãe e filha (mulheres)

por Moralez, em 13.06.19

Toca o telefone… 

-Estou? Mãe? Posso deixar os meus filhos contigo hoje a noite?

-Vais sair?

-Vou.

-Com quem?

-Com um amigo.

-Não entendo porque é que te separaste do teu marido, um homem tão bom.

-Mãe! Eu não me separei dele! Ele é que se separou de mim!

-Pois ficas sem marido e agora sais com qualquer um…

-Eu não saio com qualquer um. Posso deixar aí os meninos?

-Eu nunca te deixei com a minha mãe, para sair com homem que não fosse o teu pai!

-Eu sei, mãe. Há muita coisa que a mãe fez e que eu não faço!

-O que é que queres dizer com isso?

-Nada, mãe! Só quero saber se posso deixar aí os meninos.

-Vais passar a noite com o outro? E se o teu marido vier a saber?

-Meu EX-marido!! Não acho que se importe, ele não deve ter dormido uma única noite sozinho, desde a separação!

-Então sempre vais dormir com o vagabundo!

-Não é um vagabundo!

-Um homem que sai com uma divorciada com filhos, só pode ser um vagabundo, um oportunista!

-Não vou discutir, mãe. Posso deixar aí os meninos ou não?

-Coitaditos dos miúdos com uma mãe assim.

-Assim como?

-Irresponsável! Inconsequente! Por isso é que o teu marido te deixou!

-Chega, mãe!

-Ainda por cima gritas comigo! Aposto que com o vagabundo com quem vais sair, tu não gritas.

-Agora está preocupada com o vagabundo?

-Eu não disse que era um vagabundo!? Eu percebi logo!

-Tchau, mãe!

-Espera, não desligues! A que horas é que trazes os meninos?

-Já não vou. Não vou levar os meninos. Também, já não me apetece sair!

-Não vais sair? Vais ficar em casa? E estas à espera de quê?! Que o príncipe encantado te vá bater a porta? Uma mulher na tua idade, com dois filhos, pensas que é fácil encontrar marido? Se deixares passar mais dois anos, vais ficar sozinha a vida toda! Depois não digas que não te avisei! Eu acho um absurdo, na tua idade, ainda precisares que EU te empurre para sair!

 

So long fellows!

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Bolsos rotos!

por Moralez, em 19.02.19

O que se passa no mundo? 

Muitos bolsos rotos?

São milhares de fotos em que vejo pessoas a olhar para chão!

Andam à procurca de trocos? 

IMG_20190219_105720 (1).png

So long fellows!

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Nove mulheres vão para um retiro espiritual para melhorar as respectivas relações amorosas.

O padre responsável pergunta-lhes:

Quantas de vocês amam os vossos maridos, namorados?

Todas levantaram a mão.

E quando foi a última vez que lhes disseram que os amavam?

Umas responderam hoje, umas ontem, algumas não recordavam quando.

Então o padre pediu que pegassem nos telemóveis e enviassem aos maridos, namorados a seguinte mensagem:

‘Querido, admiro-te e a tudo o que fazes pela nossa relação. Amo-te!’

Em seguida pediu que lessem as respectivas respostas. Aqui estão:

1. O que se passa contigo…?

2. Cum cacete, bateste com o carro outra vez!

3. De verdade que não entendo que queres dizer com isso.

4. Fosga-se, que fizeste agora?! Desta vez não te perdoo!

5. Hey, que aconteceu?! Drogaste-te ou quê???

6. Vai directa ao assunto.. De quanto precisas?

7. Isto é um sonho, um pesadelo ou a mensagem era pro vizinho?

8. Já te disse que não vou almoçar a casa da tua mãe este fim de semana! Nem que te cubras de ouro!

A melhor de todas...

9. Quem és? Não tenho este número gravado. Gostava de te conhecer. Envia-me uma foto.

So long fellows!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Meu amor, Feliz Dia da Mulher!


Eu sei que passam alguns dias sem te dizer o quanto te amo, nesta rotina que nos faz esquecer das coisas simples que na verdade são as mais importantes, mas isso não significa que não sou grato por te ter ao meu lado, ou que não aprecio tudo o que tu fazes por mim, pelo contrário, não é difícil reconhecer que o teu esforço é uma forte base que dá estabilidade à nossa vida.

A cada dia que passa tenho mais certeza que tomei a melhor decisão ao te escolher como minha esposa Piscogata. Tu és leal, honesta, alegre, divertida, carinhosa, linda, confias em mim e apoias-me sempre em tudo o que faço e com as tuas palavras confortas-me e incentivas-me a nunca desistir dos meus sonhos.

És o amor da minha vida, és o meu amor para sempre. Compartilhar a minha vida contigo é o que de melhor tenho, os meus dias necessitam sempre da tua companhia, da tua presença, para serem dias felizes, dias completos. Tudo até pode correr mal mas o teu abraço faz milagres.

Por mais tempo que passe e a vida mude, vou sempre ter orgulho em te ter na minha vida, tens um encanto especial e vou lutar eternamente para que nossa história de amor jamais tenha fim.

Feliz dia da mulher, meu amor para sempre. Obrigado, por seres tão minha!

 

So long my Love!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


As mulheres e as casas de banho!

por Moralez, em 01.12.17

Relato de uma mulher numa casa de banho pública:

gogirlhumor.jpg

O grande segredo de todas as mulheres a respeito da casa de banho é que, quando eras pequenina, a tua mamã levava-te à casa de banho, ensinava-te a limpar o tampo da sanita com papel higiénico e depois punha tiras de papel cuidadosamente no perímetro da sanita.
Finalmente instruía-te: "nunca, nunca te sentes numa casa de banho pública!"
E depois ensinava-te a "posição", que consiste em balançar-te sobre a sanita numa posição de sentar-se sem que o teu corpo tenha contacto com o tampo.
"A Posição" é uma das primeiras lições de vida de uma menina, importante e necessária, que nos acompanha para o resto da vida. Mas ainda hoje, nos nossos anos de maioridade, "a posição" é dolorosamente difícil de manter, sobretudo quando a tua bexiga está quase a rebentar.
Quando “TENS” de ir a uma casa de banho pública, encontras uma fila enorme de mulheres que até parece que o Brad Pitt está lá dentro. Por isso, resignas-te a esperar, sorrindo amavelmente para as outras mulheres que também cruzam as pernas e os braços, discretamente, na posição oficial de “tou aqui tou-me a mijar!”.
Finalmente é a tua vez! E chega a típica "mãe com a menina que não aguenta mais” (a minha filhota já não aguenta mais, desculpe, vou passar à frente, que pena!). Então verificas por baixo de cada cubículo para ver se não há pernas. Estão todos ocupados.
Finalmente, abre-se um e lanças-te lá para dentro, quase derrubando a pessoa que ainda está a sair.
Entras e vês que a fechadura está estragada (está sempre!); não importa…
Penduras a mala no gancho que há na porta… QUAAAAAL? Nunca há gancho!! Inspeccionas a zona, o chão está cheio de líquidos indefinidos e fétidos, e não te atreves a pousá-la lá, por isso penduras a mala no pescoço enquanto vês como balança debaixo de ti, sem contar que a alça te desarticula o pescoço, porque a mala está cheia de coisinhas que foste metendo lá para dentro, durante 5 meses seguidos, e a maioria das quais não usas, mas que tens no caso de…
Mas, voltando à porta… como não tinha fechadura, a única opção é segurá-la com uma mão, enquanto com a outra baixas as calças num instante e pões-te “na posição”…
AAAAHHHHHH… finalmente, que alívio… mas é aí que as tuas coxas começam a tremer… porque nisto tudo já estás suspensa no ar há dois minutos, com as pernas flexionadas, as cuecas a cortarem-te a circulação das coxas, um braço estendido a fazer força na porta e uma mala de 12 quilos a cortar-te o pescoço!
Gostarias de te sentar, mas não tiveste tempo para limpar a sanita nem a limpaste com papel; interiormente achas que não iria acontecer nada, mas a voz da tua mãe faz eco na tua cabeça *“nunca te sentes numa sanita pública”*, e então ficas na “posição de aguiazinha”, com as pernas a tremer… e por uma falha no cálculo de distâncias, um finííííssimo fio do jacto salpica-te e molha-te até às meias!!
Com sorte não molhas os sapatos… é que adoptar “a posição” requer uma grande concentração e perícia.
Para distanciar a tua mente dessa desgraça, procuras o rolo de papel higiénico, maaaaaaaaaaas não hááááá!!! O suporte está vazio!
Então rezas aos céus para que, entre os 12 quilos de bugigangas que tens na mala, pendurada ao pescoço, haja um miserável lenço de papel… mas para procurar na tua mala tens de soltar a porta…???? Duvidas um momento, mas não tens outro remédio. E quando soltas a porta, alguém a empurra, dá-te uma trolitada na cabeça que te deixa meio desorientada mas rapidamente tens de travá-la com um movimento rápido e brusco enquanto gritas: OCUPAAAAAADOOOOOOOOO!!
E assim toda a gente que está à espera ouve a tua mensagem e já podes soltar a porta sem medo, ninguém vai tentar abri-la de novo (nisso as mulheres têm muito respeito umas pelas outras).
Encontras o lenço de papel!! Está todo enrugado, tipo um rolinho, mas não importa, fazes tudo para esticá-lo; finalmente consegues e limpas-te. Mas o lenço está tão velho e usado que já não absorve e molhas a mão toda; ou seja, valeu-te de muito o esforço de desenrugar o maldito lenço só com uma mão.
Ouves algures a voz de outra velha nas mesmas circunstâncias que tu “alguém tem um pedacinho de papel a mais?” Parva! Idiota!
Sem contar com o galo da marrada da porta, o linchamento da alça da mala, o suor que te corre pela testa, a mão a escorrer, a lembrança da tua mãe que estaria envergonhadíssima se te visse assim… porque ela nunca tocou numa sanita pública, porque, francamente, tu não sabes que doenças podes apanhar ali, que até podes ficar grávida (lembram-se??)…. Estás exausta! Quando paras já não sentes as pernas, arranjas-te rapidíssimo e puxas o autoclismo a fazer malabarismos com um pé, muito importante!
Depois lá vais pró lavatório. Está tudo cheio de água (ou xixi? lembras-te do lenço de papel…), então não podes soltar a mala nem durante um segundo, pendura-la no teu ombro; não sabes como é que funciona a torneira com os sensores automáticos, então tocas até te sair um jactozito de água fresca, e consegues sabão, lavas-te numa posição do corcunda de Notre Dame para a mala não resvalar e ficar debaixo da água.
Nem sequer usas o secador, é uma porcaria inútil, pelo que no fim secas as mãos nas tuas calças – porque não vais gastar um lenço de papel para isso – e sais…
Nesse momento vês o teu namorado, ou marido, que entrou e saiu da casa de banho dos homens e ainda teve tempo para ler um livro de Jorge Luís Borges enquanto te esperava.
“Mas por que é que demoraste tanto?” - pergunta-te o idiota.
“Havia uma fila enorme” - limitas-te a dizer.
E é esta a razão pela qual as mulheres vão em grupo à casa de banho, por solidariedade: uma segura-te na mala e no casaco, a outra na porta e a outra passa-te o lenço de papel debaixo da porta, e assim é muito mais fácil e rápido, pois só tens de te concentrar em manter “a posição” e "a dignidade".
Obrigada a todas por me terem acompanhado alguma vez à casa de banho e servir de cabide ou de agarra portas! Para os desgraçados dos homens que sempre perguntam “Querida, por que motivo demoraste tanto tempo na casa de banho?” …. IDIOTAS!


(Autor desconhecido)

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Multitasking!

por Moralez, em 26.11.17

Sem comentários!

legleg.gif

Riscou a porta da mala do carro!!! [LOL]

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Aquele clássico de casal no restaurante

por Moralez, em 13.11.17

Ele pede uma sobremesa.
Ela: Dá-me um bocadinho.
Ele: Não disseste que não querias?
Ela: Só para provar.
Ele: Mas pedimos mais uma se quiseres.
Ela: Não consigo comer uma inteira. É demasiado doce.
Ele: Mas eu quero a minha inteira, por isso pede mais uma e eu como o que sobrar da tua.
Ela: Que exageeeeero, só quero uma colherzinha para ficar com o sabor doce na boca. Tu sabes que eu não sou muito de comer doces.
Ele: Isso não é bem verdade... Mas OK, toma lá...(*chora por dentro*)
Ela: Vou pedir mais uma colher, só para provar melhor a base de bolacha.
Ele: *coração começa a acelerar*
Ela: O que será que eles põem aqui, leite condensado? Deixa saborear bem.
Ele: *sua o bigode*
Ela: Hmmmm... as natas é que são ótimas, são caseiras de certeza.
Ele: *veia da testa fica saliente*
Ela: Só mais esta, prometo que é a última.
Ele: PEDE UMA PARA TI, CARAGO!!!!!!!!!!
Ela: ...Não podes ser assim, isto é uma mísera colher de sobremesa, não sabes partilhar, não é só com a comida, é com os sentimentos em si, és um bruto, blá blá blá blá blá...

*discussão escala a um nível galáctico, grita-se, cobra-se, revolve-se a roupa suja de 7 anos de relação, pondera-se o divórcio, amua-se, uma das partes é vencida pelo cansaço e aparentemente fica resolvido, mas o incidente fica em arquivo mental para ser usado em discussão futura*

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Após a missa...

por Moralez, em 22.05.17

No regresso da missa, o rapaz pergunta ao pai:

- Papá! Porque é que quando Jesus ressuscitou apareceu primeiro às mulheres?

- Não sei… Olha, se calhar queria que a notícia se espalhasse mais depressa…

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


AVISO: Só para homens

por Moralez, em 11.05.17

Mulheres não vale a pena verem, deixem este tipo de política para quem entende….
Eu sei que os homens não ligam nenhuma a política, mas digam só desta vez:
São da esquerda ou da direita?

18301551_126032167949785_445858905933998000_n.jpg
Aviso já mulheres que é um questionário sem algum tipo de maldade, façam o favor de rir.

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Tipo de Orgasmo Feminino

por Moralez, em 24.03.17

1 - Asmática:
- Annhh.. Annhhh...Annhhh!...

2 - Serpente:
Ssss!... Sssss!... Sssssssssssss!!!

3 - Matemática:
Mais! Mais! Mais! Maaaaaaaiis!!!

4 - Religiosa:
- Ai meu Deus!... Ai meu Deus!... Ai meu Deus!!!

5 - Suicida:
- Ai que eu vou morrer!... Ai! Vou morrer!... Vou morr eee eeer!!!

6 - Homicida!
- Se páras, mato-te!!! Mato-te!... Maaaaaato-te!!!

7 - Degustadora:
Ai que bom!... Ai que bom!... Que bom!... Que booooom!!!

8 - Gulosa:
Que delicia!... Que delicia!... Que deliiiicia!!!

9 - Interesseira:
- Dá-me!... Dá-me mais!... Dáááááááá-me!!!

10 - English teacher:
Oh! Yes!... Oh! Yes!... Oh! My God!... Oh! My Gooood!!!

11 - Zootécnica:
- Vem, meu macho!... Meu garanhão!... Meu maaaacho!!!

12 - Positiva:
- Sim!... Sim!...Sim!... Siiiiiiim!!!

13- Negativa:
- Não! Não! Não! Nãããããããããoooo!!!

14 - Dominadora:
- Faz!... Isso!.. Faz isso! Faz! Iiiiiiissssssooooo!!!

15 - Cozinheira:
- Mexe!... Mexe!... Mexe!... Meeeexe!!!

16 - Sensível:
- Estou a senti-lo!... Estou a senti-lo!. Estou a sentiiiii-lo!!!

17 - Desinformada:
- Ai o que é isto!? Ai o que é isto!? O que é iiiiiisto!!!???

18 - Profeta:
- Aí vem ele!... Aí vem ele!... Aí vem!... Aí veeeemmm!!!

19 - Casada:
(não generalizado)
- ... Olha querido, pensando bem, acho que já era tempo de se pintar o teto do quarto...

20 - Insatisfeita:
- Oh, já está? Oh quero mais, mais maisssss...

21 -
Indecisa:

- Queres assim ou preferes assim, escolhe se não, não quero, não quero nunca mais....

 

So long fellows!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Segue-me


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Follow


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Estatísticas